quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Agregador de links



Ultimamente na Internet tem surgido diversos tipos de agregadores de links. Normalmente são para posts de blogs como notícias bizarras e coisas do tipo.
Aproveitando essa "febre" deixo minha contribuição com o TV Links, que também é um site nestes moldes com exceção de não listar noticias mas links de filmes, seriados, tv online, etc.
A lista de links da página inicial está organizada para mostrar os mais sugeridos pela comunidade, mas há a possibilidade de ver os mais sugeridos das últimas 24 horas, 48 horas, 7 dias, 30 dias, além é claro de todos os links estarem organizados em categorias (filmes de gênero ação, comédia romântica, seriados de tv, etc. 
Além de ver as principais sugestões o leitor pode votar e incluir novos links.
Outra a opção é a interação entre os membros da comunidade com envio de comentários, e um módulo onde se pode “seguir” outros membros e acompanhar suas atividades.


Acessem e aproveitem!


sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Inspiração para novos projetos

Estava dando uma olhada no site http://br.wwwhatsnew.com que tem muitos posts que colocam diversos projetos, muitos deles criando funcionalidades pioneiras. Sites como conversores de vídeo on line, sistemas de reputação, etc.
Dando uma listada nos projetos pode-se ter novas idéias para novos projetos ou para uso próprio destas funcionalidades.
Mas fica aí a dica para quem precisar de inspiração ou quiser ficar antenado em notícias e projetos recentes.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Livros para concursos


Continuando o meu post e o "plano de estudo" estou disponibilizando a minha "biblioteca" no Google. Usando a ferramenta consegui acesso a diversos livros e os dividi segundo as disciplinas que estão no post anterior.
Também fica o recado para quem não conheça a ferramenta do Google que dispõem de diversos ebooks.
Dividi uma "estante" para cada disciplina, eis o link:

http://books.google.com.br/books?uid=9003942363704946648&source=gbs_lp_bookshelf_list

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Concursos Públicos na área de TI

Aqui estou eu 7 meses depois postando novamente, peço desculpas pela ausência.
Este post serve de divisor de águas para o blog. A partir de agora coloquei como um dos meus objetivos estudar para concursos públicos na área de TI. Até elaborei um plano de estudo (que compartilharei para quem quiser). Portanto agora também estarei postando assuntos relacionados a concursos na área de TI.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010



O Busca Impresso é um sistema de cotação de preços para a indústria gráfica, desenvolvido por mim. Basicamente gráficas cadastram informações sobre seus processos, máquinas, papéis e configurações da sua gráfica (percentual de lucro, preço de tinta, etc).
A partir destas informações o sistema gera um orçamento. O cálculo segue o padrão adotado pela grande maioria das gráficas.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Google App Engine com Java


Foi liberado o suporte a java no Google App Engine. Para quem não sabe o GAE é um serviço que você pode hospedar aplicações Python e agora também Java na estrutura do Google. 
O serviço está limitado aos 10.000 primeiros usuários. Para criar acesse http://appengine.google.com/, após isso você terá a oportunidade de criar 10 aplicações com o dominio "suaaplicação.appspot.com".


IDEs

Recentemente baixei a última versão do NetBeans e comecei a me questionar sob a produtividade do meu TextMate para desenvolvimento web. A IDE é realmente bem abrangente. A última versão e suporta Java-web/EE, PHP, Ruby, Ruby on Rails, Grovvy, C/C++. Não utilizei, mas há até editor de diagramas UML, tudo sob a mesma IDE.  Acredito que um desenvolvedor experiente a primeira vista prefira um editor de textos como TextMate e provavelmente ele será mais produtivo nesta ferramenta. Mas e um iniciante na tecnologia não será mais produtivo e seu tempo de aprendizado não será menor utilizando uma IDE? E um usuário experiente em outra tecnologia, não será mais produtivo utilizando uma IDE?  
E a questão não é somente o NetBeans, a questão deste post é a seguinte: uso a ferramenta X ao invés da Y porque sou mais produtivo ou por preconceito e/ou modismo?